Home > Contos > #ContosDeQuinta

#ContosDeQuinta

Perdi minha virgindade com meu primeiro namorado. Ele tinha a minha idade (20) e também era a primeira vez dele. Isso tinha um lado maravilhoso, estávamos decididos a fazer sexo em todos os lugares até os mais inusitados possíveis.

Estávamos desejando fazer na praia, porém, fomos com a família dele e iria ficar complicado com eles lá, então resolvemos não fazer. Voltamos para casa dele com aquele sentimento de frustração e desejo ao mesmo tempo então foi ai que tive uma ideia. Fazer sexo na sauna do condomínio dele, pois como era uma quarta feira e muitos dos moradores estavam em seus trabalhos quase não tinha como sermos pegos, sem câmeras seria o lugar perfeito. Além do mais a adrenalina era alta por mesmo tendo uma possibilidade pequena ainda existia a possibilidade de sermos surpreendidos.

Como não queria que a família dele desconfiasse, armei uma briga sem motivo algum e disse que ia embora e ao mesmo tempo quis surpreendê – lo, também e não contei o que passava pela minha cabeça. Sai da casa dele torcendo para que ele viesse atrás de mim e juro que o tempo que passei dentro do elevador sem saber se ele viria foram os piores segundos da minha vida.

Quando sai do elevador já estava ele na minha frente suado, pois, veio descendo pela escada correndo. Ele super preocupado comigo, me pediu para conversarmos e ficamos caminhando pelo playground do prédio.Finalmente chegamos perto da sauna e eu continuava a discutir sem motivos e ele sem entender o porque daquilo.

Foi ai que empurrei ele pra dentro da sauna. Ele sem entender me olhou como uma cara de assustado, mas foram apenas dois segundos, pois quando ele viu que minha expressão trocou ele sabia o que realmente eu estava querendo. Em vez de raiva eu olhava pra ele com vontade, com desejo, com tesão. Foi quando pulei em seus braços e lhe dei um beijo de tirar o fôlego.

Nisso ele já começou a tirar o meu vestido, biquíni, enquanto eu baixava seus shorts, sua  sunga. Passava a mão em seu pau e sentia ele crescendo, endurecendo e melando minha mão, punhetava aquela pica loucamente e só o ouvia gemer de tanto tesão. Quando percebi que ela já estava dura o suficiente me curvei apoiando meus braços no banco e pedi pra ele meter. Ele imediatamente segurou minha  cintura e enfiou seu pau em minha buceta. Aquilo me deixava cada vez mais enlouquecida de vontade.

Rebolava pra ele e a provocação não acabava. Sentir ele entrar todinho dentro de mim estava me deixando louca, não para de gemer. Se alguém estivesse caminhando por ali saberia exatamente o que acontecia naquele lugar. A cada socada que ele me dava mais eu ficava com vontade. foi quando empurrei ele com  força pra trás e comecei a chupa-lo adorava sentir aquele pau na minha boca batendo na minha cara. foi quando ele chegou no auge do prazer me colocou de quatro, agarrou meu cabelo, meteu tão forte que eu sentia a força dele contra minha buceta , fazendo nos enlouquecer e ali gozamos juntos.

Foi uma das transas mais gostosas e excitantes de todas. Quando acabamos voltamos para casa dele como se nada tivesse acontecido. Ninguém ficou sabendo, porém, aquele dia seria difícil sair das nossas memórias.

Sobre Casal Leal

Casal Leal é um casal de verdade que levanta a bandeira da nova revolução sexual, falando abertamente sobre sexo e relacionamentos para quebrar tabus e preconceitos, uma vida liberal sem ciumes, neuras ou frescuras. Mil Beijos e Fortes Abraços Susy Leal e Junior Leal

Faça um comentário

Não se preocupe seu email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*